Os deputados da base aliada devem cumprir o compromisso assumido com o governador Wellington Dias (PT) de formar comissões técnicas em 10 dias. Durante reunião na manhã desta quarta-feira (06), eles fecharam indicações para as comissões consideradas principais.

O Progressistas deve indicar o deputado Wilson Brandão para presidir a Comissão de Constituição e Justiça. A indicação é vista como uma espécie de compensação depois que ele não foi indicado para Presidente da Casa.

“Temos a composição com o PTB  e indicamos o nome do deputado Nerinho para a Comissão de Finanças. Para a CCJ chegamos ao nome de Wilson Brandão. Ele tem experiência e muito tempo de mandato”, disse Franzé Silva.

O deputado Severo Eulálio deve ser o nome indicado pelo MDB para a Comissão de Administração.

“Ele tem luta experiência e bom trânsito com os deputados. Não é indicação do PT, mas uma composição é um diálogo feito com os maiores partidos para que tenhamos uma decisão harmoniosa”, disse.

O PT fica fora da presidência das principais comissões. Essa seria uma exigência dos aliados ao partido do governador.

“O PT quer participar das comissões. Tem mostrado maturidade na legislatura. Queremos que as comissões funcionem pela harmonia da Casa”, disse.

Franzé Silva afirma que o PT já tem maturidade para abrir mão da presidência das comissões.

“Apesar da minha experiência como vetor na área tributária, defendemos antes de que as presidências possam ser exercidas por deputados que tenham experiência na Casa. Fomos indicados para a presidência da Comissão de Finanças, mas defendemos que um deputado com mandatos anteriores assuma. Podemos colobarar sendo a segunda pessoa ou integrante. O que importa  é fazer parte do debate, fazer parte das discussões que trarão melhorias para o Piauí”, disse Franzé Silva.

(Foto: Roberta Aline/CidadeVerde.com)

Flash Lídia Brito
Fonte: Cidadeverde.com

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here