Luciano Nunes (PSDB), terceiro colocado ao Governo do Piauí, não atribui um culpado para a derrota nas urnas e disse que o momento é de agradecimento pelos mais de 270 mil votos. Ele declarou que enfrentou uma estrutura poderosa e sofreu por ser desconhecido no estado.

“O momento é de agradecimento a Deus, minha família, a militância do meu partido e dos partidos aliados, agradecer a cada um dos piauienses, homens e mulheres de  bem que acreditaram na mudança e que votaram no Luciano 45. Não foi o resultado desejado, mas me sinto com a sensação de dever cumprido. Viver, lutar e vamos seguir nessa linha, lutando”, disse Nunes que aniversariou neste domingo (07) e foi recebido com festa no escritório de campanha.

“Uma campanha, você não ganha e nem perde por um fator só. São vários fatores. Nós enfrentamos uma campanha muito adversa, uma estrutura muito poderosa, candidatos muito conhecidos. Estou na minha primeira campanha majoritária, sofri muito com esse desconhecimento, com a falta de estrutura político-partidária no interior todo, mas não quero falar de erros ou querer achar culpados. Meu sentimento e meu coração estão cheios de gratidão”, completou.

O tucano cumprimentou os adversários políticos e agradeceu ao apoio do prefeito Firmino Filho (PSDB), Robert Rios (DEM), Heráclito Fortes (Democratas), Wilson Martins (PSB) entre outros. Ele disse que continuará fazendo política partidária e que o plano futuro é concluir o mandato como deputado estadual.

“Seguimos na trincheira da oposição, vamos continuar fiscalizando e assim buscando cumprir o papel da oposição aqui no estado do Piauí, colaborando dessa forma para o desenvolvimento do Estado e fazer desse estado mais justo, de oportunidades que é o que nós pregamos durante toda a campanha. Não podemos nos omitir. O Brasil e o Piauí vivem um momento muito difícil, de desigualdades, desafios. Temos sempre que caminhar olhando para frente e pro futuro para superar esses desafios”, finaliza Luciano Nunes.

Graciane Sousa
Fonte:cidadeverde.com

 

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here