Uma criança de quatro anos e uma adolescente de 12 anos foram vítimas de estupro em Picos (a 306km de Teresina) nesta semana. Um dos crimes aconteceu no domingo(10) durante a festa de aniversário da criança vítima.

A delegada Ana Patrícia Rufino, titular do 1º Distrito de Picos, informou que a mãe da criança sentiu falta da filha e foi procurá-la pela casa. “Em um dos cômodos, ela presenciou o autor com a menina, gritou e chamou a polícia”, afirmou.

O suspeito é tio avô da criança e não seria da cidade, estava passando uns dias e foi convidado para a festa com outros familiares. “Bateram muito nele e teve que ser submetido a uma cirurgia no hospital regional “, informou a delegada.

O nome do autor não foi revelado para preservar a vítima. Ele teria cerca de 60 anos. A polícia aguarda sua recuperação para tentar interrogá-lo. Ele está no Hospital Justino Luz, sob custódia de policiais.

Outro caso

Uma adolescente de 12 anos foi estuprada dentro de casa, pelo filho de seu padrasto, um lavrador de 25 anos. Eles moram na zona rural de Picos e dividiam a mesma casa há dois anos, quando a mãe da vítima estabeleceu união estável com o pai do suspeito.

A delegada Ana Patrícia foi a responsável por lavrar o flagrante do crime que ocorreu na manhã desta terça(12). “A mãe encontrou a filha desacordada e pediu ajuda do autor para levá-la ao hospital. Lá ela entrou em contato com o Conselho Tutelar, pois já suspeitava que ele teria praticado o ato. O Conselho solicitou ajuda da Polícia Militar que foi até o povoado e encontrou o autor na casa da avó. Ele não esboçou reação, confessou e foi preso”, descreve.

Segundo a polícia, o lavrador teria dito que a considerava como uma meia-irmã. “Ainda não posso precisar se foi a primeira vez ou se já havia ocorrido outros episódios, só com o depoimento da vítima é que vou ter mais informações. Mas, ela passou por cirurgia e continua internada”, afirma a delegada Ana Patrícia.

O lavrador está preso, seu nome também não foi revelado para preservar a vítima.

Foto: Cidades na Net
Caroline Oliveira
Fonte: Cidadeverde.com

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here