Encontro político do senador Ciro Nogueira com o governador Wellington Dias  confirmou aliança para a eleição de 2018 no Estado. Paticiparam da reunião, além do senador e do governador, deputados da base governista, dirigentes do PT, liderados pelo presidente estadual da sigla, deputado federal Assis Carvalho,  a vice-governadora Margarete Coelho e o presidente da APPM (Associação Piauiense de Municípios), Gil Carlos, que é filiado ao PT.. Wellington Dias apresentou Ciro Nogueira como  senador da chapa majoritária governista. Agora não há mais dúvida, o PT está comprometido e amarrado na aliança política com o Progressistas. Foi o primeiro encontro do governador e lideranças petistas para decidir sobre formação da chapa governista para 2018. Pelo tom do encontro, PT e Progressistas do mesmo lado é prego batido e ponta virada. O que estava programado para ser decidido só em janeiro ou fevereiro de 2018, o governador resolveu antecipar para novembro deste ano.

Firmino terá vice-líder na Câmara Municipal

O cargo está sendo recriado na reforma que o prefeito Firmino Filho promove em sua base aliada no parlamento do município. O nome mais cotada para assumir a vice-liderança da bancada da situação é o do vereador Venâncio Cardoso (Progresssistas). A vereadora Graça Amorim (PMB) segue na liderança do prefeito no poder legislativo.

Firmino e Jeová acertam o passo e resolvem crise política

O prefeito e o presidente da Câmara Municipal conversaram a portas fechadas nesta quinta-feira, 23, no Palácio da Cidade. Foi o primeiro encontro de Firmino Filho e Jeová Alencar após a eleição antecipada que definiu a mesa diretora do parlamento da capital a partir de janeiro de 2019. O pleito, que reelegeu o presidente Jeová Alencar, deflagou  crise política na relação do prefeito com sua base aliada, gerando desconforto até mesmo na harmonia da Câmara Municipal com o Palácio da Cidade. Mas o encontro desta quinta-feira acalmou os ânimos exaltados  dos últimos 08 dias. Segundo Jeová Alencar, as arestas foram aparadas e a tendência é a retomada de harmoniosas relações políticas e institucionais com o prefeito. Firmino Filho reafirmou ao vereador tucano que estranhou a iniciativa que resultou na eleição antecipada da mesa diretora da Câmara Municipal, realizada sem nenhum diálogo político com o Palácio da Cidade, mas respeita a decisão do parlamento. O desfecho da crise foi o rompimento da aliança PSDB/PMDB na capital e formação de nova base aliada ao prefeito Firmino Filho, que deve chegar a 18 vereadores. Segundo lideranças ligadas ao prefeito, o bloco será menor, porém mais consistente e fiel. Entre Firmino Filho e Jeová Alencar, o clima voltou a ser  de aliados após o encontro no Palácio da Cidade.

Henrique Pires mantém sintonia com novo ministro das Cidades

O engenheiro Henrique Pires, secretário nacional do saneamento ambiental do Ministério das Cidades, que já tinha sintonia total com o ex-ministro tucano, Bruno Araújo, permanece em parceria com o novo ministro, Alexandre Baldy, que foi indicado pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) mas está com filiação confirmada no Progressistas do senador Ciro Nogueira. A posse de Baldy realizada   foi um evento concorrido do qual participaram várias lideranças políticas também do Piau

Fonte: Cidadeverde.com por
Tempo Real / Elivaldo Barbosa
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here