Na tarde de terça-feira (08/05), morreu após cinco dias internada em um hospital particular de Teresina, a jovem vendedora Luana Machado da Silva, de 22 anos, após consequências de um acidente de moto ocorrido na Avenida Pedro Freitas, no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina.

Jovem teve a morte confirmada após a equipe médica abrir um protocolo de morte cerebral após a realização de exames. Nas redes sociais, amigos e familiares demonstraram revolta e lamentaram a perda precoce da jovem.

“Luana era uma garotinha de riso fácil, sei que muito amada por familiares e amigos.  Ela se foi hoje mais uma vítima desse trânsito insano nosso de cada dia. É duro pensar, mais ainda aceitar, que agora ela virou uma estrelinha e vai brilhar no céu, virou um anjo e estará junto do pai celestial”, escreveu um amigo da vítima. “Oh meu bem, vc lutou tanto, oramos tanto por vc, Estávamos te esperando com esse sorriso, mas Deus sabe de todas as coisas, só que nunca estamos preparados, te amamos muito. Pedimos a Deus que te leve pra um bom lugar que vc merece. Você foi muito”, descreveu outra.

Jovem vendedora não resistiu aos ferimentos (Crédito: Facebook/Luana Machado)

O CASO

A jovem se feriu gravemente após ser colhida na motocicleta em que estava por um caminhão reboque na Avenida Pedro Freitas. Segundo informações, ela saiu de casa na quinta-feira (03/05),  para realizar um exame no centro da cidade. A família ainda não sabe se o carro reboque cruzou a avenida ou se ele vinha na frente e fez o retorno. Luana foi trancada pelo veículo e caiu depois que a motocicleta ficou embaixo do reboque.

Ela ainda chegou a ser socorrida por uma ambulância do SAMU para o HUT e de lá, para um hospital particular. Segundo populares, quem acionou a ambulância foram os comerciantes, já que o motorista do reboque fugiu do local.

Jovem vendedora não resistiu aos ferimentos (Crédito: Facebook/Luana Machado)

Fonte:Meio Norte

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here