O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Francisco Paes Landim Filho determinou no início da noite desta terça-feira (27) a posse de seis novos vereadores de Valença do Piauí ( cidade a 210 km de Teresina).

A reviravolta se deve a ação eleitoral que cassou o mandato de vereadores, devido a fraude nas eleições de 2016. Um grupo entrou com ação e comprovou que houve irregularidade no processo de coeficiente da cota de mulheres. Foi denunciado que candidata não votou nem em si mesma. 

Este mês, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí decidiu, por unanimidade, manter a cassação das chapas proporcionais “Compromisso Com Valença I” e ”Compromisso com Valença II”.

Das 11 vagas existentes na Câmara de Valença Piauí, seis serão renovadas. Entre os cassados está o presidente da Casa, Nonatinho Soares (PSDB).

Os candidatos que serão diplomados pelo juiz Jucelino Norberto são:

Joaquim Filho (PTB)
Edilsa do Vale (PMDB)
Jeane Vieira (PT)
Garotinho Jone (Solidariedade)
Ivanildo (Solidariedade)
Yara (PP)

                                      A ação foi impetrada pelos advogados Luis Francivando e Alisson Soares. 

“Haverá também eleição para a mesa diretora da Câmara”, destacou Alisson Soares.

Fonte: Cidadeverde.com 
Flash Yala Sena

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here