O segundo suspeito de matar o comerciante Edwar Pereira, durante assalto na Zona Sul de Teresina, foi preso na manhã desta quarta-feira (4) após troca de tiros com a polícia em Parnarama, no Maranhão. O criminoso e outros dois comparsas ficaram feridos na ação e foram encaminhados ao hospital.

Segundo o chefe de investigação Lourival Neto, da Delegacia de Homicídios, a prisão do suspeito ocorreu após denúncia anônima dele estar praticando constantes assaltos na região. Ele foi localizado em um casebre no povoado Brejinho do Ismael, a 60 km de Parnarama.

“Nós montamos um cerco no local, mas os criminosos reagiram e trocaram tiros com os policiais. O suspeito de atirar no comerciante, identificado como Luís André Evangelista de Santana, foi baleado de leve na perna, e outros dois comparsas dele também ficaram feridos. Todos estão no hospital recebendo atendimento”, informou Lourival Neto.

Conforme o agente, o suspeito tem mandado de prisão em aberto de 2015 pelo crime de roubo. Após prestar depoimento na Delegacia de Parnarama, o criminoso será encaminhado para Teresina.

Outro suspeito de participar do latrocínio (roubo seguido de morte), identificado como Rodrigo Gomes da Silva, foi preso dois dias após o crime no bairro Promorar, Zona Sul de Teresina.

Entenda o caso

O comerciante Edwar Pereira, 50 anos, foi assassinado com um tiro no peito durante assalto ao seu estabelecimento, no Parque Piauí. O crime ocorreu no dia 10 de agosto e os assaltantes atiraram na vítima, mesmo após ela entregar todo o dinheiro do caixa.

Fonte: G1-PI

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here