Foi preso no início da tarde desta segunda-feira (11), o suspeito de aplicar golpes de cerca de R$ 10 milhões de reais em moradores da cidade de Esperantina, município localizado a 188 km de Teresina.  Segundo a Polícia Civil, o empresário, identificado como Laércio Araújo de Sousa, era proprietário da empresa Esperantina Prêmios, utilizada para aplicar as fraudes em centenas de pessoas de 2010 a 2015.

De acordo com o titular da Delegacia Regional de Esperantina, o delegado Leonardo Alexandre, a empresa foi criada em 2010 e atuava com a modalidade de consórcio, com contratos no valor de R$ 8 mil. Após a formação de um grupo de 48 pessoas, apenas um participante era sorteado a cada mês, sendo que o sorteado era dispensado do pagamento das parcelas restantes.

“A partir daí, a pessoa sorteada deixava de pagar os demais, ou seja, para as primeiras sorteadas era lucrativo, mas no final as últimas não eram contempladas. Segundo o contrato, ao final, a pessoa que não fosse contemplada tinha o direito de receber o valor de volta ou uma motocicleta, mas na prática isso não acontecia”, relata o delegado.

O delegado explica que, a partir de 2015, começaram a surgir as primeiras denúncias envolvendo o ex-empresário. Na época, centenas de pessoas procuraram a delegacia para registrar boletins de ocorrência contra o empresário, afirmando terem sido lesadas por não receberem o prêmio do consórcio. Com isso, Laércio Araújo de Sousa teria encerrado as atividades da empresa e se evadido da cidade, só sendo localizado nesta data, através de investigações da Polícia Civil do Piauí, em parceria com o Laboratório de Inteligência Cibernética do Ministério da Justiça.

O ex-empresário foi localizado e preso preventivamente na cidade de Manaus – AM. Segundo a Polícia Civil, a transferência de Laércio Araújo de Sousa para o sistema prisional do Piauí deve acontecer nos próximos dias. O suspeito, que foi indiciado pelo crime de estelionato, deverá permanecer em custódia à disposição da Justiça.

Fonte: Portalodia.com / Nathalia Amaral

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here