Lionel Messi lidera a Argentina neste sábado (30) contra a França, nas oitavas de final da Copa da Rússia, com o desafio de quebrar uma sina na fase mata-mata. O dia é mais que especial: há um ano, o craque subiu ao altar com a namorada de adolescência, Antonella Roccuzzo, em Rosário, onde os dois se conheceram ainda pequenos.

Messi e Anto subiram ao altar em um hotel da Argentina para selar o relacionamento de mais de dez anos. Os dois já eram pais de Thiago e Mateo na ocasião, e tiveram o caçula Ciro há três meses. Depois da festa, fizeram uma tatuagem igual nos dedos com a data do casório. A mulher do astro é esperada na Rússia para o duelo deste sábado.

O astro do Barcelona celebrará o primeiro aniversário de casamento em campo e tentará se dar como presente a quebra de um jejum de 666 minutos sem gols no mata-mata de Copas. O diário “Olé” ressalta que Messi não consegue aumentar o placar das oitavas adiante desde 2006, quando estreou em Mundiais.

Cristiano Ronaldo sofre do mesmo jejum, mas acumula 424 minutos sem marcar na fase mata-mata. Desde a Copa da África do Sul, em 2010, Messi teve oito partidas para balançar as redes e ajudar a Argentina nas etapas eliminatórias. Em 2014, levou a equipe até a final contra a Alemanha sem disparar a bola para as redes.

Em 2006 e 2010, Messi caiu nas quartas de final com a Argentina, em jogos contra a Alemanha. Quatro anos depois, enfrentou Suíça, Bélgica, Holanda e Alemanha para se sagrar vice-campeão e ser eleito o melhor jogador do torneio. Desta vez, a esquadra de Jorge Sampaoli mede forças com a França, uma das favoritas, depois de lutar para se classificar no Grupo D. A imprensa hermana confia no craque para bater o jejum e avançar na Rússia.

Foto: Reprodução/ Instagram

Fonte: Cidadeverde.com

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here