A socialite Kim Kardashian, 38, que tem ajudado detentos americanos injustiçados a conseguir liberdade, nos Estados Unidos, deu mais um passo nessa questão. Nesta semana, a empresária anunciou que vai pagar o aluguel de Matthew Charles. Ele foi o primeiro condenado a ser solto após a reforma prisional.

Charles cumpria prisão por posse de drogas. Ele até tentou entrar em um programa habitacional, mas o benefício lhe foi negado por ser um ex-detento.

O caso de Charles repercutiu em todo o país em 2015, quando um ex-juiz federal concordou que ele merecia ter uma redução na pena. Ele foi libertado, mas um recurso reverteu a decisão do juiz, em 2018, ordenando que ele cumprisse mais dez anos. Campanhas foram movidas para que Charles fosse libertado.

Ele foi solto em janeiro deste ano, mas começou a enfrentar problemas para colocar a sua vida nos eixos.  Para ajudar Charles, Kim vai pagar o aluguel dele pelos próximos cinco anos. Ela ficou sabendo da história dele pelo Twitter e o procurou. O ex-detento agradeceu a empresária publicamente.

“Acabo de receber uma notícia maravilhosa esta noite e gostaria de compartilhar com vocês. Kim Kardashian-West ficou sabendo de minha situação. Ela ficou tocada e decidiu me ajudar”, escreveu Charles em sua página do Facebook.

Recentemente, Kim Kardashian foi nomeada a madrinha dos detentos, nos Estados Unidos, de tanto receber pedidos de ajuda de presidiários. A chuva de cartas de detentos começou após a empresária conseguir o perdão para Cyntoia Brown, que estava há 15 anos na prisão. Ela matou o homem que abusou dela aos 16 anos para se defender.

Enquanto Cyntoia estava presa, outras celebridades, como a cantora Rihanna, fizeram campanha por sua libertação.

A empresária ainda teve uma boa participação na solução do caso de Alice Marie Johnson, bisavó de 63 anos que estava presa há mais de duas décadas por um delito de drogas como ré primária.

Kim chegou a se encontrar com o presidente Donald Trump para pedir uma revisão do sistema prisional. Em dezembro do ano passado, a Câmara dos Representantes (deputados) dos EUA deu aprovação final nesta ao projeto de reforma da justiça criminal, apoiado pelo presidente Donald Trump.

A vida pessoal de Kim também se mantém agitada. Nesta semana, ela e o marido Kanye West anunciaram que vão ser pais pela quarta vez.  De acordo com a revista Us Weekly, o casal espera um menino por meio de barriga de aluguel, a mesma mulher que gerou a terceira filha, Chicago West, que nasceu em janeiro de 2018.

No final do ano passado, o rapper comprou um apartamento no condomínio de luxo em Miami Beach, Flórida, para dar de presente de Natal para Kim. De acordo com o site Page Six, o imóvel foi vendido por US$ 14 milhões (R$ 54,3 milhões).

Fonte: Portalodia.com por Folhapress

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here