Após invasão de famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) no início da semana, a Justiça piauiense determinou nessa quinta-feira (27), a reintegração de posse da fazenda do senador Ciro Nogueira, presidente do Partido Progressista. O mandado de reintegração foi expedido pela juíza, Maria das Neves Ramalho, da 5ª Vara Civil de Teresina, que determinou que a ordem seja cumprida em 72 horas.

A ocupação na última terça-feira se deu por cerca de mil famílias organizadas no Piauí, segundo informou o Movimento Sem Terra. A fazenda fica localizada próximo à BR-316, a 22km da capital Teresina, região metropolitana do estado. Os ocupantes reivindicam sua desapropriação para fins de Reforma Agrária.

No mandado de reintegração de posse, a juíza decidiu que as terras da fazenda do senador piauiense Ciro Nogueira devem ser desocupadas. No documento, a magistrada também autoriza o uso das forças policiais, caso haja a necessidade; ela ainda apontou para a citação dos invasores, para que no prazo de quinze dias respondam à ação.

Cabe indicar que além da fazenda do senador, o MST invadiu as fazendas do coronel João Baptista Lima, que é próximo ao presidente Michel Temer, em Duartina (SP), do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, localizada no município de Piraí no Rio de Janeiro, como também do ministro da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento, Blairo Maggi, em Rondonópolia (MT).

Fonte: Canal121.com

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here