Um homem de 41 anos foi preso nessa segunda-feira (8) por volta das 9h30 suspeito de estuprar as enteadas no centro de Cajueiro da Praia, 396 km de Teresina. Segundo a polícia, a denúncia foi feita pelas próprias vítimas, uma garota de 14 e outra de 16 anos, que disseram que os abusos aconteciam há cinco anos. Com o homem, a polícia aprendeu maconha e crack escondidos em suas partes íntimas.

De acordo com informações da guarnição da Companhia Independente Policiamento Turístico (CIPTUR) as vítimas denunciaram o padrasto no último sábado (6), mas inicialmente a denúncia foi desacreditada porque os policiais acredicatam que o caso poderia ser apenas um “atrito” entre o padrasto e enteadas.

A PM conta que as jovens retornaram novamente à delegacia na segunda-feira (8) para registrar os abusos e relataram para a polícia que os abusos aconteciam desde que a mais nova tinha apenas nove anos. A polícia foi até a casa da família para constatar o fato. Quando chegaram ao local, o suspeito tentou reagir usando uma espingarda de fabricação caseira, mas imediatamente foi impedido pelos policiais.

O homem foi encaminhado à delegacia de Luís Correia para prestar depoimento e, ao chegar lá, os policias perceberam que o suspeito estava caminhando de forma “diferente”, então fizeram uma revista minuciosa e encontraram, nas partes íntimas do homem, um frasco de acetona com aproximadamente 80 pedras de crack mais duas porções prensadas de maconha e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 910.

Foi encontrado com o supeito um frsco de acetona com aproximadamente 80 pedras de crack e mais uma espingarda e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 910.  (Foto: Divulgação/ Polícia Militar. )

Foi encontrado com o supeito um frsco de acetona com aproximadamente 80 pedras de crack e mais uma espingarda e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 910. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar. )

“Ele estava caminhando ‘todo duro’, aí a gente fez outra revista, mais minuciosa. Quando ele ‘baixou as calças’, foi encontrado um frasco de acetona com pedras de crack. A gente supõe que o frasco estava dentro do ânus, por que na revista que foi feita na casa dele, não encontraram nada” disse o capitão Galeno.

O caso das adolescentes foi encaminhado para o Conselho Tutelar. O suspeito está preso e vai responder por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e possível estupro de vulnerável, caso seja comprovado através dos exames feito pelas vítimas.

Fonte G1PI

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here