O São Paulo definiu como meta alcançar 47 pontos para escapar de vez do rebaixamento no Brasileiro, e os jogadores têm repetido isso frequentemente. Mas, na prática, o time se acomodou bem antes, como ficou comprovado mais uma nesta quarta-feira: jogando mal, a equipe perdeu por 1 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre (RS).

O Tricolor paulista estava invicto há cinco jogos, mas, na Arena do Grêmio, atingiu a terceira partida consecutiva sem vitória. A equipe estaciona nos 45 pontos, e só uma catastrófica combinação de resultados pode culminar com a queda para a Série B. E os jogadores parecem estar conscientes demais disso.

O Grêmio usou o compromisso como último ensaio antes de iniciar a disputa da final da Libertadores, na próxima semana. Aproveitou-se da apatia são-paulina, balançou as redes com Kannemann, aos 33 minutos do primeiro tempo, e ainda se manteve na vice-liderança do Brasileiro, agora com 61 pontos.

O time gaúcho nem precisou se impor, tampouco precisou dominar o confronto. O São Paulo, apenas com Araruna como novidade, no lugar do suspenso Militão na lateral direita, apenas ocupou o ataque por alguns minutos, mas sem dar trabalho a Marcelo Grohe. A bola travava em Hernanes e Marcos Guilherme.

O Grêmio tinha a posse, e achou seu gol em um cochilo dos paulistas. Após cobrança de escanteio, a zaga de Dorival Júnior parou e deixou Geromel completamente livre para cruzar. A bola ainda rebateu antes de acertar Kannemann e ir às redes.

Dorival tentou melhorar o time, e ganhou movimentação ofensiva com Lucas Fernandes no lugar de Maicosuel, mas nada além disso. O jogador mais importante era o goleiro Sidão, que salvava a equipe. O Tricolor paulista foi à frente, com Júnior Tavares e Gilberto nos lugares de Pratto e Araruna.

Mas as tentativas não resultaram em nada além de uma pressão na área, além de um gol de Pratto anulado por impedimento, aos 27 minutos do segundo tempo. Muito pouco para quem já ousou sonhar em terminar o ano com vaga na Libertadores.

No domingo, às 17h, em seu último jogo como mandante no Pacaembu, o São Paulo tenta se reabilitar diante do Botafogo. Já o Grêmio, provavelmente cheio de reservas em campo, visita o Santos, na Vila Belmiro, às 19h de domingo.

Cruzeiro consegue virada, mas acaba sofrendo empate do Avaí no fim

O Avaí foi valente na noite desta quarta-feira. Atuando no Mineirão, o time catarinense saiu na frente, levou a virada após pênalti mal marcado, mas buscou a igualdade nos minutos finais do jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Junior Dutra, com dois gols, e Judivan, que voltou a atuar após mais de dois anos e deixou a sua marca, foram os destaques do jogo.

Com o empate, o Cruzeiro, que pode perder a liderança do returno do Brasileirão, foi aos 55 pontos no geral. O Avaí, por sua vez, chegou aos 36, segue em penúltimo e em situação muito complicada para evitar o rebaixamento.

O Cruzeiro voltará a atuar no próximo domingo, quando visitará o Vitória, no Barradão, às 17h. Já o Avaí, no dia seguinte, receberá o Palmeiras, na Ressacada, às 20h.

Fonte: Cidadeverde.com por Lance

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here