Genro de Silvio Santos, o cantor sertanejo Edu Pedroso, cujo nome é Kleiton Pedroso de Abreu, foi preso nesta terça-feira (5) na mansão onde mora com a mulher, Silvia Abravanel, em um bairro nobre de São Paulo. A Justiça de Santa Catarina decretou a prisão do cantor no dia 24 de outubro através do juiz Adilor Danieli, da Vara da Família de Balneário Camboriú (SC).

O cantor – acusado de não pagar pensão alimentícia desde abril para a filha Sophie, de 5 anos, que mora em Balneário Camboriú (SC) com a mãe, Ana Cristina da Silva Arraes Cavalcante – foi solto ainda nesta tarde. O valor da pensão é de 5 salários mínimos. A informação a respeito da prisão foi confirmada à QUEM por Geovana da Conceição, advogada da mãe da criança, que não quis entrar em detalhes sobre o processo, que, por ser de família, corre em segredo de justiça.

“Ele está devendo pensão para a filha de 5 anos desde Abril/2017. Apresentou defesa no processo alegando impossibilidade financeira e o juiz não acatou. Em novembro, a prisão foi decretada e, no início da tarde de hoje, ele foi preso na sua casa. Na sequência, ele ingressou no Tribunal de Justiça de Santa Catarina com um habeas corpus e a desembargadora suspendeu ‘por hora’ enviando pedido de informações ao Juiz Dr. Adilor Danielle. A decisão é liminar e poderá ser revista pela desembargadora. Ele foi liberado da prisão no final da tarde, ou seja, ele ficou uma tarde inteira preso. Foi liberado sem pagar um centavo. O Tribunal pode rever a decisão sim, mas em se tratando de pensão alimentícia a lei é bastante enérgica. Me causou surpresa”, conta a Geovana, que irá recorrer da decisão.

                Silvia Abravanel e o marido, o cantor sertanejo Edu Pedroso

Fonte: Cidadeverde.com por Quem

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here