Na tarde do último (Sábado, (08), por volta das 16 h 00, na cidade de Pimenteiras-PI, a jovem de iniciais E. P. F., de 19 anos, foi estuprada na residência dos suspeitos de serem os autores deste crime, os irmãos: identificados por Antônio Agenilton Alves 24 e Antônio Agildo Alves Martins 21, segundo informou do Capitão PM Antônio Santos da 2ª CIIA do 4º BPM de Valença do Piauí.

Ainda com informou o Capitão PM Antônio Santos, tudo ocorreu quando a jovem estava dopada sob efeitos de uma grande quantidade de medicamentos que havia ingerido. Ela relatou em Boletim de Ocorrência que não se lembra ao certo mas sabe que foram 02 (dois) homens que a pegaram na rua e a levaram para uma casa.

Ela disse que se lembrava quando um dos homens tirou suas roupas e lhe agarrou, que ainda tentou se soltar, mas não conseguiu e que reconheceu que um dos homens era o indivíduo de nome Agenilton, tendo chegado a vê-lo nu.

A vítima foi encontrada por sua irmã ainda no local do crime e a levou para o hospital de Pimenteiras. Durante o atendimento hospitalar, o médico encaminhou a vítima para Teresina, aonde foi constatado o estupro conforme laudo do IML.

Ainda segundo o Comandante Antônio Santos, durante a noite, o mesmo manteve contato pessoalmente com a equipe de profissionais de saúde que acompanhou a vítima em Pimenteiras-PI e em Teresina-PI, até o momento da confirmação do estupro na vítima pelo IML.

A partir de então o Cap. Antônio Santos, determinou a realização das diligências policiais necessárias que culminaram com a prisão dos dois irmãos, apontados como principais suspeitos deste crime de estupro.

Após a determinação a guarnição policial comandada pelo SGT PM DA CRUZ – Cmt. do GPM de Pimenteiras, efetuou a prisão dos dois irmãos  Agenilton e Agildo, já no domingo (09), por volta das 07h30, e os conduziram para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Valença, para a tomada dos procedimentos legais cabíveis.

Fotos: Policia Militar

Fonte: PM-PI

 

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here